Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Aceitaria a condecoração se estivéssemos em paz”, Raul Domingos

Arrogância da Frelimo precipitou o país para a (actual) violência armada

O presidente do Partido para a Paz, Democracia e Desenvolvimento (PDD), e negociador dos Acordos Gerais de Paz por parte Renamo, Raúl Domingos, que na semana passada se recusou a receber a condecoração atribuída pelo Estado no dia 3 de Fevereiro, Dia dos Heróis moçambicanos, diz que tomou aquela decisão porque considera que tal devia ser feito em momentos de paz e harmonia, e não de guerra. “Se eu aceitasse, estaria a festejar as desgraças dos moçambicanos que sofrem, directa ou indirectamente, os efeitos desta guerra evitável”.

Raul Domingos entende que “as circunstâncias em que ocorre a galardoação, que caracterizam pelo alto nível de intolerância, desigualdades, perseguições políticas, incluindo prisões e assassinatos de membros da oposição, o sofrimento em que vivem os moçambicanos nos campos dos deslocados, aliadas ao sangue derramado dos inocentes e ao luto que enche muitas famílias de dor, medo, incerteza e desespero, nomeadamente em Nampula, Nhamatanda, Homoíne, Funhalouro e outros locais, afectaram a minha consciência e constituíram determinantes que ditaram a minha decisão de não aceitar receber a condecoração”.

Por outro lado, o negociador dos Acordos Gerais de Paz está convicto de que os mesmos estão a ser implementados de forma precária, o que precipitou o país para um novo clima de violência armada em que se encontra.

Por esta razão, é de opinião de que o Governo devia estar mais preocupado em restabelecer a paz no país e não em condecorações. “A condecoração de cidadãos que se notabilizaram pela paz deve ser feita, em regra, em momentos de paz e na data de celebração da Paz e Reconciliação Nacional, o dia 4 de Outubro”.

Refira-se que Raul Domingos ia receber a distinção “Ordem 4 de Outubro do Primeiro Grau”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!