Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Abortado tráfico de uma criança em Gaza

Duas jovens de 30 e 34 anos de idade estão a contas com as autoridades policiais em Gaza, indiciadas de tráfico de uma criança do sexo masculino de sete anos, a qual seria supostamente vendida a um curandeiro naquele ponto do país.

O alegado tráfico ocorreu na semana finda, em Maputo. A vítima, sem pigmentação da pele, seria vendida a 150 mil meticais no distrito de Massingir, na parte central da província de Gaza.

Segundo Inácio Dina, porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), disse num briefing à imprensa que o miúdo já está em convívio família.

Todavia, diligências continuam com vista a se apurar o envolvimento de cada cidadã acusada e esclarecer o caso.

Enquanto isso, a Polícia disse estar a investigar um outro caso de alegado tráfico de quatro pessoas no distrito da Massinga, província de Inhambane.

Em conexão com o crime, um pastor, uma obreira e dois crentes da Igreja Universal de Reino de Deus (IURD) na Maxixe encontram-se presos para ajudarem no esclarecer do assunto, disse Inácio Dina.

As vítimas foram um albino, um anão, uma mulher de olhos azuis e outra de cabelos compridos.

O albino era supostamente para uma demonstração numa vigília que tinha sido programada na referidas igreja.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!