Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Abortada tentativa de linchamento do assassino de irmãos gémeos

O quarteirão 39 do populoso bairro da Polana-Caniço, na cidade de Maputo, viveu, na tarde deste Domingo, um momento de agitação e terror, motivado pela fúria dos moradores locais que tentaram, sem sucesso, linchar um indivíduo acusado de ter morto com recurso à faca dois irmãos gémeos, durante a madrugada da passagem do fim do ano de 2012 para 2013.

A intervenção oportuna da Polícia da República de Moçambique (PRM) afecta à 12ª esquadra evitou que o acusado fosse queimado vivo, apurou o Correio da manhã no local do incidente.

O suspeito, que sofreu alguns ferimentos, está, no entanto, fora de perigo e aguarda pelos passos a seguir pelo processo sob custódia policial. Sabe-se que pesa sobre ele a acusação de prática de duplo homicídio qualificado.

Não satisfeitos com a intervenção policial, alguns dos moradores mais exaltados descarregaram a sua fúria sobre alguns pertences do suspeito, destruindo, inclusive, por completo, a residência do acusado, recorrendo a fogo posto, alegando que “estamos cansados de viver com bandidos”.

Os inconformados moradores vilipendiaram os agentes da Polícia destacados para intervir no incidente, acusando a corporação no seu todo de pactura com os bandidos, destacando-se entre estes um dos chefes de bloco do quarteirão, 39, Edgar Enoque.

Enoque lamentou a falta de patrulhamento na zona, em particular, nos locais tidos como epicentro dos criminosos, nomeadamente, a rua 24 e a zona do campo de golfe onde muita gente é assaltada, mulheres e raparigas violadas sexualmente e transeuntes assassinados ou espoliados dos seus bens.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!