Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

A volta de Schumacher às pistas depende dos exames médicos

O alemão Michael Schumacher ainda não tem garantida sua volta às pistas no Grande Prêmio da Europa devido às dores que está sofrendo na nuca, admitiu esta quarta-feira sua porta-voz. “Ainda não está de todo claro que o pescoço dele vá aguentar.

A sua volta depende dos exames médicos que tem que fazer. Só depois desses exames, ficará claro se pode ou não pilotar”, explicou Sabine Kehm à agência alemã SID. A porta-voz do piloto assegurou que Schumacher está se dedicando 100% a sua volta e aos preparativos para a próxima corrida. Willi Weber, o agente de Schumacher, explicou que é preciso esperar até semana que vem para ter luz verde para a esperada volta. “Tudo depende de sua saúde e da decisão dos médicos”, declarou à revista especializada Auto motor und sport.

O atual assessor da Ferrari admitiu em seu site que essas dores na nuca estavam dando dores de cabeça. “É um problema que precisa ser resolvido. Minha saúde vem primeiro, este é o acordo que fiz com a Ferrari e com minha mulher”, acrescentou Schumacher, que disputou seu último GP em 22 de outubro de 2006. O alemão machucou o pescoço ao cair da moto, sua nova paixão, em fevereiro no circuito de Cartagena, na Espanha.

Schumacher conduzirá temporariamente o carro de Felipe Massa, em fase de recuperação após um grave acidente em 25 de julho no circuito de Hungaroring, e sua primeira corrida será o GP da Europa, em 23 de agosto em Valência.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!