Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“A Frelimo será responsável pelos danos que serão causados pela Renamo”, Manuel Bissopo

A Renamo reiterou esta segunda-feira (09 de Setembro), durante os trabalhos da Reunião Nacional de Quadros, alargada aos delegados distritais, que decorre na cidade de Quelimane, que não irá participar nas eleições autárquicas de 20 de Novembro próximo e nas gerais de 2014 caso o pacote eleitoral não seja revisto.

 

Segundo Manuel Bissopo, secretário-geral desta formação política, “participar em pleitos eleitorais com a actual legislação eleitoral, aprovada com recurso à ditadura do voto, significa violar os princípios da democracia e aceitar as humilhações pelas quais o partido passou após a assinatura dos Acordos Gerais da Paz”.

“Para provar a responsabilidade e o respeito que o partido tem para com o povo moçambicano, a Renamo não vai participar enquanto a Frelimo continuar a pisar a democracia”, acrescentou Manuel Bissopo, que prometeu que o seu partido pautará pela violência “caso a Frelimo prossiga com o plano de realizar eleições sem que se alcance consenso no diálogo” entre ambos, que já vai na sua 18ª ronda.

De referir que a Reunião de Quadros da Renamo tem por objectivo analisar as recomendações da conferência realizada entre os dias 29 e 31 de Julho último, em Santunjira, Gorongosa, província de Sofala, onde Afonso Dhlakama, presidente do partido, fixou residência.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!