Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

944 milhões de meticais para mais pesquisas de petróleo

Mais um financiamento da Noruega, no valor de cerca de 944 milhões de meticais, vai ser desembolsado, a partir deste ano, para o prosseguimento de pesquisas de petróleo e gás, em Moçambique, pelas companhias petrolíferas daquele reino.

Segundo a embaixadora daquele país nórdico em Moçambique, Tove Bruvik Westberg, o valor “é mais um reforço do investimento já aplicado em Moçambique na área de pesquisa de petróleo e gás natural, isto por termos garantias de que o país vai produzir petróleo dentro dos próximos 40 anos”.

Westberg não indicou a base da sua convicção, mas reiterou, falando ao Correio da manhã, que “Moçambique está em condições de gerar petróleo, daí estarmos a continuar com investimentos nesta área de procura daquele recurso natural”.

Refira-se, entretanto, que já se encontram em Moçambique na área de pesquisa petrolífera as companhias norueguesas Norsk Hydro e DNO, juntamente com outras dos Estados Unidos da América (EUA), Itália, entre outros países.

A embaixadora da Noruega falava esta quarta-feira, em Maputo, à margem dos trabalhos do seminário sobre boa governação e prevenção da corrupção no sector petrolífero, a terminar esta quinta-feira, e promovido, conjuntamente, pelo Ministério dos Recursos Minerais de Moçambique e PETRAD, instituição daquele reino que se estabeleceu no país desde 1989.

A finalidade do encontro é troca de experiências entre representantes de Angola, São Tomé e Príncipe, Moçambique, Timor- Leste e Noruega, no que respeita à transparência e luta contra práticas corruptas na exploração de petróleo e gás natural.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!