Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

60 segundos com Nisa Mércia Chimele

60 segundos com Nisa Mércia Chimele

Nisa Mércia Chimele é uma jovem de 26 anos de idade e vive na cidade de Maputo. Assim como muitas mulheres, Nisa enfrenta algumas dificuldades na vida, mas nem isso a desanima. Batalhadora, ela procura ganhar a vida vendendo produtos de beleza porta a porta das casas, salões de cabeleireiros, empresas e outros locais onde possa encontrar clientes.

@Verdade – Nisa, qual é o seu estado civil?

Nisa Mércia Chimele – Sou solteira e tenho uma filha de oito anos de idade.

(@V) – O que é que faz para sobreviver?

(NMC) – Eu sou promotora de vendas de produtos de beleza de uma marca sul-africana. Faço essa actividade desde Março deste ano.

@Verdade -Esse é o seu primeiro emprego?

NMC- Não. Já trabalhei noutras empresas mas sempre como promotora de vendas. Por um tempo prestei serviços para uma importadora de medicamentos. A mesma empresa tinha um sector de distribuição de material de escritório. Pouco antes desse período trabalhei na empresa Moçambique dá Sorte, onde vendia, na rua, cartelas que serviam para o sorteio.

@Verdade – Em relação ao trabalho que faz actualmente, quais são as dificuldades por que passa?

NMC – Passo por algumas dificuldades. Porém, o que mais me preocupa é que existem clientes que não honram os seus compromissos. Em muitos casos encomendam produtos da África do Sul, mas quando chega o momento da venda inventam várias desculpas para não comprá-los.

@Verdade – A Nisa estuda?

NMC- Não estou a estudar, mas já fiz a 12ª classe.

@Verdade – Pretende continuar os estudos?

NMC – Gostaria de fazer o ensino superior, mas não é fácil conseguir uma vaga nas universidades públicas. Desde 2008 que concorro a uma vaga para o ensino superior, mas até então o resultado é negativo. É muito difícil, as vagas são poucas e o número de candidatos é grande.

@Verdade – Nas tentativas fracassadas concorreu para que curso?

NMC – Todas as candidaturas foram para o curso de Francês. Mas no próximo ano vou concorrer a uma vaga para o curso de Educação Física, espero conseguir.

@Verdade – Depois de conversarmos contigo sobre o seu lado profi ssional gostaríamos de saber como você é como mãe.

NMC – Tive a minha filha aos 18 anos de idade, e agora vivo com ela e minha irmã mais nova. Como mãe sou atenciosa, cuido da Nely no sentido de garantir tudo que ela precisa, claro de acordo com as minhas condições financeiras. Reconheço que sou um pouco chata, não gosto de ver as coisas desarrumadas. Quando deixo um objecto num sítio devo encontrá-lo no mesmo local, caso contrário zango para ela.

@Verdade – O que costuma fazer quando está em casa, nos dias que não sai para trabalhar?

NMC – Geralmente faço o meu trabalho de segunda à sexta-feira. Quando estou em casa gosto de cozinhar, lavar a roupa e fazer limpeza. Gosto muito de mudar a posição dos móveis da casa, posso fazer isso mais de quatro vezes por ano.

@Verdade – É vaidosa?

NMC – Não me acho vaidosa. Gosto de ter um bom creme, um bom perfume. Cuido dos meus pés, mãos, mas não me acho vaidosa.

@Verdade – O que faz habitualmente nos tempos livres?

NMC – Ultimamente sou muito caseira, o trabalho que faço é cansativo. Não gosto de discotecas, para mim a noite é sagrada, serve para dormir. Prefiro ir a festas organizadas por amigos ou familiares, porque nesses locais existe espaço para dormir. Também gosto de passear e conversar com amigos.

@Verdade – Pratica algum desporto?

NMC – Não. Eu ando muito a pé, chego a percorrer longas distâncias sem perceber, e penso que não preciso fazer desporto uma vez que faço esse exercício cinco dias por semana. Até porque o meu corpo ajuda muito, difi cilmente engordo.

@Verdade – Qual é o seu prato preferido?

NMC – Não dispenso matapa feita com carangueijo e uma mayonaise bem preparada.

@Verdade – Tem algum ídolo?

NMC – Na verdade são três os músicos: Anselmo Ralph, Maurício Mattar e Hermínio, e o G2.

@Verdade – Esta preferência será que é uma manifestação do seu lado romântico?

NMC – Nem é por isso. O conteúdo das músicas destes artistas é que me desperta a atenção.

@Verdade – Um defeito.

NMC – Sou uma pessoa impaciente. Outra coisa é que gosto muito de comer, e como de tudo e um pouco.

@Verdade – Um amuleto.

NMC – Não saio de casa sem relógio de pulso e telemóvel.

@Verdade – O que mais detesta na vida?

NMC – Não suporto qualquer tipo de traição.

@Verdade – Um sonho.

NMC- Gostaria de ter uma farmácia.

@Verdade – Acho que é negócio muito rápido. A procura por medicamentos é algo frequente e as pessoas não exitam em comprá-los porque o que costuma estar em jogo é a sua saúde.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!