Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

4.3 milhões de meticais são gastos em produtos para lares

Os encargos do governo de Nampula para garantir alimentação aos alunos internados em 29 dos 35 lares e centros internatos existentes na província estão orçados no presente ano em cerca de 4.3 milhões de meticais, de acordo com dados em nosso poder facultados no decorrer da décima sessão daquele órgão realizada há dias.

Foram escolhidos produtos alimentares tais como arroz, farinha de milho, massas, feijões e óleo de cozinha para abastecer os 29 lares, porquanto os outros seis , sobretudo privados e de confissões religiosas têm uma gestão independente. As quantidades de arroz a serem adquiridas no presente ano lectivo escolar estimam-se em 2.600 toneladas, além de 2.350 toneladas de farinha demilho, segundo os dados em nosso poder que apontam que só com a aquisição de feijões, cujas quantidades não foram referenciadas, o governo vai gastar um montante estimado em 675 mil meticais.

Entretanto, o governo mostra alguma inquietação em relação à compra de feijões, pois que o mercado não oferece um produto de qualidade. Simultaneamente, o preço de venda praticado pelos operadores locais é considerado alto e, por isso, a solução reside na procura de revendedores localizados nas províncias circunvizinhas. No entanto, do valor total de 275.750,00 meticais concernente aos gastos que o governo vai fazer através do Fundo de Apoio ao Sector de Educação (FASE), será aplicado nas despesas com o transporte dos produtos entre o estabelecimento comercial ou zona de produção para os lares e centros internatos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!