Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

1ª Liga: FC Porto vira resultado e vence Braga

O FC Porto virou um resultado negativo com o Sporting de Braga e venceu, nesta Segunda-feira (8), os “arsenalistas” 3-1, mantendo-se a quatro pontos do líder Benfica, em jogo que encerrou a 25.ª jornada do Campeonato português de futebol.

A previsibilidade do futebol dos “dragões” durou praticamente uma hora, algo contrariada quando Atsu rendeu Defour, e “derrotada” quando Kelvin substituiu Lucho González. O brasileiro, pouco utilizado por Vítor Pereira durante a época, desempatou a partida, “enguiçada” por alguma ausência de soluções ofensivas e “pontaria excessiva” na direção dos ferros da baliza de Quim, por duas vezes.

Vítor Pereira montou a equipa à imagem do que tem acontecido nos últimos jogos da Liga, com Defour no lugar de Varela, apesar de já poder contar com Atsu, regressado às opções após lesão muscular. Por sua vez, José Peseiro apostou num “onze” sem ponta de lança, e entregou a titularidade ao central Nuno André Coelho, ausente desde finais de dezembro, também por lesão.

Com um bloco muito fechado e apenas com Mossoró na frente, os bracarenses mostraram, desde o primeiro minuto, disposição para tapar linhas de passe, ao que o FC Porto respondeu com remates fora da área, com destaque para o de Jackson Martinez, que aos 10 minutos fez a bola rasar um dos postes. Porém, o maior perigo surgiu dos pés de Mossoró, aos 20 minutos, quando intercetou um mau passe de Otamendi para Helton, mas, apenas com o guardião portista pela frente, não conseguiu melhor que rematar contra ele.

Três minutos depois, aproveitando algum desnorte defensivo da equipa da casa, o mesmo Mossoró, no coração da área portista, entendeu-se com Alan, que fez um belo golo, rematando em arco e para fora do raio de ação do guarda-redes portista.

Os “dragões” demoraram algum tempo a reagir, até que James Rodriguez, aos 37 minutos, desferiu um potente remate, de fora da área, não dando hipótese de defesa a Quim.

O FC Porto entrou para o segundo tempo sem Maicon, substituído por Abdoulaye, devido a problemas físicos do central, que se lesionou no último lance da primeira parte, num choque com Quim. Aos 66 minutos, Otamendi desviou para a barra um livre marcado por Moutinho no corredor esquerdo, momento que antecedeu a primeira substituição no Sporting de Braga, saindo Mossoró, rendido pelo ponta de lança Carlão.

Mais veloz, o FC Porto instalou-se no terreno contrário e, aos 76 minutos, podia ter marcado por duas vezes: primeiro por James Rodriguez, mas a bola saiu desviada por um defesa, e depois, na sequência do canto, por Alex Sandro, mas a bola embateu na barra e “morreu” nas mãos de Quim.

Até que, aos 83 minutos, Kelvin, que entrara a substituir Lucho Gonzalez pouco tempo antes, ganhou o espaço suficiente para rematar, da zona frontal, para o segundo golo portista, tendo, três minutos depois, bisado no encontro, ao beneficiar ainda de um ressalto num adversário.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!