Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

18 mortos e 150 casas destruídas em ataque perpetrado na Nigéria

Pelo menos 18 pessoas foram mortas e 150 casas destruídas na aldeia de Kandunung, no Estado de Plateau, no centro da Nigéria, por desconhecido armados, noticiou o diário Punch, nesta quinta-feira.

Num artigo, o diário relata que estes homens armados, estimados em quase uma centena, invadiram a aldeia nas primeiras horas do dia, disparando tiros e atacando à catanada os habitantes. Este ataque pode ter sido em represálias por um outro perpetrado segunda-feira última e que fez 20 mortos.

Os agricultores e os pastores nestes Estados colidem-se uns com outros constantemente devido às terras de pasto e à água, entre outros recursos. A agressão de segunda-feira última, que afetou sete aldeias, é da autoria de pastores ao passo que a de quarta-feira última foi cometida por fazendeiros.

Titus Bise, presidente do Comité de Gestão da localidade de Mangu, do qual faz parte Kadunung, declarou ter dirigido pessoalmente a equipa de socorristas que descobriu 11 dos corpos após o ataque de quarta-feira.

“Após este ataque, fiz parte da equipa de socorros que evacuou as vítimas. E, até ao momento, recuperámos 11 corpos calcinados nas suas casas. Além destes 11 corpos descobertos em diversas zonas, há uma habitação onde descobrimos sete pessoas calcinadas nos seus quartos. O que perfaz 18 mortos por enquanto. Os jovens estão a procurar e outros corpos podem ser encontrados. Mas, outros corpos já foram sepultados”, declarou. Bise declarou que o ataque deslocou cinco mil habitantes da aldeia.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!