Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

11º Dia da greve dos profissionais de saúde: mudaram as caras e as negociações não avançam

Teve lugar esta Quinta-feira mais um ronda de negociações entre o Ministério da Saúde (MISAU) e os Profissionais de Saúde moçambicanos que estão em greve há onze dias. Os membros de ambas delegações mudaram e as negociações não avançaram. A greve continua em todo território nacional com a capacidade de serviços cada vez mais minimizadas nas Unidades Hospitalares.

O MISAU alega que os representantes da Associação Médica de Moçambique (AMM) e da Comissão dos Profissionais de Saúde Unidos (CPSU) mudaram, não estando a ser representados pelos seus líderes máximos.

Os Profissionais de Saúde por seu turno não querem negociar com o Secretário Permanente e Director do MISAU pois, segundo eles, são os mesmos que assumiram compromissos nas negociações de Janeiro último e depois não as cumpriram. Segundo os grevistas o MISAU, contrariamente a informação posta a circular nesta Quarta-feira, voltou a pretender negociar separadamente com a AMM e a CPSU.

A greve continua e continuamos a receber relatos de doentes que procuram atendimento nos Hospitais e enfrentam longas horas de espera, pacientes internados que lamentam as condições de limpeza das enfermarias e até mesmo das casas de banho.

 

CLIQUE AQUI PARA LER O HISTÓRICO DA LUTA DOS MÉDICOS E OUTROS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!