Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Victor Borges; Lourenço do Rosário; Filipe Nyusi

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Victor Borges

O Governador da Província de Nampula, Victor Borges, é um Xiconhoca po excelência. O sujeito abandonou a sua residência oficial e foi-se instalar com a sua família num dos mais luxuosos hoteis da cidade de Nampula, supostamente fugindo de ratos. O pior de tudo o Xiconhoca pretendia usar os impostos dos moçambicanos para sustentar a sua caprichosa estadia no estabelecimento hoteleiro, avaliado em mais de um milhão de meticais. Ainda bem o caso foi reportado e o Xiconhoca tomou vergonha na cara.

Lourenço do Rosário

Sempre que abre a boca, Lourenço do Rosário deixa muito a desejar como académico. Desta vez, o Xiconhoca reconheceu que a corrupção está a minar todo o tecido social, desde o mais pequeno núcleo ao mais alto nível de governação, mas argumentou que não se pode apenas combater a corrupção com base em medidas administrativas e punitivas. Talvez o sujeito sugira palestras como forma de acabar com essa mal. Xiconhoca.

Filipe Nyusi

O Presidente da República, Filipe Nyusi, é um eterno Xiconhoca. O indivíduo continua a não esclareceu ao povo moçambicano se foi incompetente ou conivente, uma vez que não viu os empréstimos da Proindicus, EMATUM e MAM a serem arquitectados dentro do Ministério que ele dirigia. O relatório apresetado pela Kroll apurou que 500 milhões foram para Ministério da Defesa e o seu sucessor disse que nada recebeu. Definitivamente, estamos diante de um grande mentiroso.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!