Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Standard Bank; Governo; Famílias que acobertam violência doméstica

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Standard Bank

Há cada vez mais instituições no nosso país que se estão a aproveitar do sofrimento dos moçambicanos para gerar lucros. É o caso do Standard Bank – Moçambique que, se aproveitando da crise financeira e económica, registou no nosso país um dos melhores resultados de todo o grupo, que opera em 20 países de África, impulsionado pelo crescimento em 83% da Margem Financeira. Enfim, tudo indica que essa crise provocada por um bando de indivíduos sem escrúpulos ainda vai enriquecer muita gente.

Governo

O Governo de Nyusi continua a fazer pouca da inteligência do povo moçambicano. Todos os dias, vem com a desculpa segundo a qual a construção da ponte entre a cidade de Maputo e o distrito municipal de Katembe está atrasada por causa dos vendedores do mercado “Nwankakana”, quando na verdade o Governo incompetente e irresponsável de Nyusi falhou, durante o ano de 2016, a disponibilização da comparticipação do Estado nesta obra cujo preço real ascende a 756 milhões de dólares norte-americanos.

Famílias que acobertam violência doméstica

É, sem dúvidas, um problema de saúde pública o comportamento de determinadas famílias moçambicanas. Todos os dias, centenas de mulheres so abusadas física, sexual, psicológica e economicamente, porém, as famílias encobertam essas situações deploráveis. É deveras triste e preocupante que em pleno século XXI algumas famílias continuem a olhar para as mulheres como uma máquina de reprodução da sua espécie. É chegada a hora do Estado moçambicano tomar medidas severas contras as famílias que têm estado a atrofiar a mulher e encobertando a violência doméstica.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!