Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Sídio Mugadza; Jornal Notícias; Eneas Comiche

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Sídio Mugadza

Parece que o vírus da corrupção circula pelas veias sanguinea alguns moçambicanos, sobretudo aqueles que lhe são confiados alguma tarefa. É o caso de Sídio Mugadza, funcionário da Federação Moçambicana de Futebol. Este Xiconhoca é considerado pela FIFA culpado de ter recebido subornos, violando o código de ética daquele organismo, e, em consequência disso, foi banido do futebol durante 15 anos. Na verdade, o castigo justo para este Xiconhoca deveria ser a proibido para sempre de exercer qualquer actividade no mundo de futebol.

Jornal Notícias

Não é novidade para qualquer moçambicano que o Jornal Notícias não passa de um instrumento barato de propaganda do Governo da Frelimo. No auge da sua falta de vergonha e bom senso, este suposto órgão de informação afirmou que Amade Abubacar é associado ao grupo armado que protagoniza ataques em Cabo Delgado. Num puro exemplo de mau jornalismo, a jornal não apresenta provas e escreve que a Procuradoria Povincial de Cabo Delgado ainda está a fazer a instrução preparatória e se não encontrar matéria pode abster se de o acusar. Bando de Xiconhocas.

Eneas Comiche

Definitivamente, o presidente do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, Eneas Comiche, deve andar caduco. Primeiro, o Xiconhoca, no dia 9 de Fevereiro, impediu a Renamo de marchar na Cidade de Maputo. Já na passada sexta-feira, o Xiconhoca voltou a proibir cerca de 300 crianças da escola Nyoxani, na Sommershield, de fazer o mesmo, no âmbito do carnaval. Como se isso não bastasse, nesta semana o sujeito quis impedir o Fórum Mulher de marchar em celebração do Dia Internacional da Mulher.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!