Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Panificadores; Patrício José; Promotores e os que tiram proveito com a guerra?

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Panificadores

Em menos de seis meses, a Associação Moçambicana dos Panificadores (AMOPAO) prepara o segundo aumento do preço de pão. A desculpa desta decisão que vai obrigar os moçambicanos a apertar o cinto mais do que já está é a de sempre: o agravamento do custo das matérias-primas. O mais caricato nisso é que os panificadores continuam os consumidores. Segundo um Regulamento de 2013, o pão vendido ao público deveria pesar 45 gramas, ou 68 gramas, ou 100 gramas, ou 130 gramas, ou 210 gramas, ou 240 gramas, ou 450 gramas, ou 500 gramas ou ainda 1000 gramas, mas não é isso que tem acontecido.

Patrício José

O Vice-ministro da Defesa Nacional, Patrício José, é um Xiconhoca por excelência. Para sair bem na foto, durante a cerimónia de encerramento da capacitação de educadores cívico-patrióticos, no quartel de Boane, em Maputo, a figura veio a público expelir verborreia. Patrício José, que deveria ocupar-se de coisas mais importante, limitou-se a condenar a liberdade que os moçambicanos exercem nas redes sociais. Ele afirmou haver circulação de mensagens que põem em causa a liberdade e a unidade nacional. Parece que a ideia controlar o pensamento dos moçambicanos.

Promotores e os que tiram proveito com a guerra?

É no mínimo estranho facto de até à data não haver nenhuma saída sobre a possibilidade do Chefe de Estado Filipe Nyusi e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, encontrarem-se e pôr termo a este conflito armado, que a cada de que passa vai dizimando vidas. Aliás, o promotores dessa guerra devem andar febricitantes com a situação que o país atravessa, até porque estão a tirar proveito com o sofrimento do povo moçambicano.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!