Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Montepuez Ruby Mining; Assassinos de albinos; Deputados do partido Frelimo

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Montepuez Ruby Mining

Os interesses económicos de um punhado de figuras ligadas ao partido Frelimo continuam a sobrepor-se a integridade fisica dos moçambicanos. Para proteger os interesses da empresa Montepuez Ruby Mining, os agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM) têm atirado a matar dezenas de garimpeiros não licenciados. Quase todos os dias, registam-se casos arrepiantes protagonizados por aquela empresa. O silêncio cúmplice das autoridades governamentais em relação as atrocidades cometidas pela Montepuez Ruby Mining já não é indignante.

Assassinos de albinos

É necessário que se tome medidas drásticas contra os Xiconhocas que, iludidos com a ideia de enriquecimento ilícito, têm vindo a tirar a vida de indivíduos com problemas de pigmentação da pele, vulgo albinos. Um dos casos mais chocates perpetrada por esse bando de Xiconhocas deu-se na cidade de Chimoio, província de Manica, onde uma criança, de seis anos de idade, foi raptada e, no dia seguinte, encontrado esquartejado. Os autores desse bárbaro crime, Xiconhocas da pior espécie, merecem mais do que prisão perpétua.

Deputados do partido Frelimo

Há cada sessão do Parlamento fica bastante evidente que os deputados do partido Frelimo não estão na Assembleia da República para defender os interesses do povo moçambicano que, ingenuamente, votou neles. O cúmulo da estupidez dos deputados assistiu-se nesta II sessão extraordinária do Parlamento na qual, ao invés de exigir esclarecimentos ao Governo sobre as dívidas contraídas ilegalmente, apresentaram um discurso vergonhoso defendendo que não havia problema nenhum em contrair-se dívidas. Bando de Xiconhocas!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!