Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Filipe Nyusi; Mia Couto; Oposição construtiva

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Filipe Nyusi

Não restam dúvidas de que o Presidente da República, Filipe Nyusi, está no bom caminho para se tornar o Xiconhoca do ano. No seu primeiro ano de governação ficou claro que o Chefe de Estado é uma figura meramente cosmética não só na arena política, ou seja, é um indivíduo sem nenhum poder de decisão, razão pela qual se assiste ao país a caminhar para o abismo. A questão que não quer calar é: como é que o PR permite existência de esquadrões para eliminar opositores?

Mia Couto

Não há dúvidas de que Mia Couto é um Xiconhoca travestido de um conceituado escritor. De acordo com os nossos leitores, Mia Couto deveria evitar fazer considerações políticas, para continuar a merecer a consideração, admiração e respeito de todo público nacional. Mas o escritor moçambicano opta por ser parcial nas suas intervenções. Aliás, não é a primeira vez que Mia Couto emite verborreia do género. Desta vez, ele afirmou que a Renamo ao colocar pré-condições para iniciar o diálogo com o Governo demonstra que não deseja conversar. Não sabemos se se trata de pura ingenuidade ou o escritor decidiu deliberadamente escamotear a verdade, uma vez que é sabido que o Governo tentou por várias vezes assassinar o líder da Renamo.

Oposição construtiva

A auto-denominada oposição construtiva não passa de um bando de Xiconhocas desocupados. Aliás, a única tarefa desse grupo é bajular o Governo de turno. Porém, desta vez a colectividade, composta pelos partidos PIMO e Ecologista de Moçambique, decidiu, por alguma carga de água, agir de forma diferente. Ou seja, a oposição construtiva reuniu-se com o Chefe de Estado, Filipe Nyusi, para pedir garantias de segurança para que o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, saia das matas para um diálogo visando a paz no país. Muito estranha essa mudança de atitude!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!