Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Deputados da Frelimo na CPI às dívidas; Gestores da penitenciária de Maputo; Comissão de Ministros para investigar tragédia de Caphiridzange

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nosso leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Deputados da Frelimo na CPI às dívidas

Os deputados da Frelimo indicados para compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as dívidas contraídas ilegalmente são uma fraude de proporções astronómicas. Na verdade, estes Xiconhocas estão na CPI para colocar panos quentes nos seus camaradas implicados nesse que é actualmente o maior escândalo financeiro que já alguma vez houve registo no país. Os deputados da Frelimo, qual robôs programados para subscrever tudo que vem da “Pereira de Lagos”, limitam-se a fazer questões meticulosamente estudadas sem nenhuma substância. Xiconhocas!

Gestores da penitenciária de Maputo

Não é novidade para ninguém que os gestores de penitenciárias são uns verdadeiros bandidos, travestidos de funcionários públicos. Ou seja, esses indivíduos têm vindo a facilitar a fuga de presos em troca de valores monitários. Prova disso é o facto que se sucedeu na penitenciária de Maputo. Isto é, um total e nove membros da direcção e da guarda do Estabelecimento Penitenciário da Província de Maputo (ex-Cadeia Central), facilitaram a evasão de um dos reclusos envolvidos na morte do Procurador Marcelino Vilanculo.

Comissão de Ministros para investigar tragédia de Caphiridzange

O Governo moçambicano, como sempre, no calor da emoção, criou uma comissão de inquérito de Conselho de Ministros, para investigar a explosão do camião-cisterna que fez dezenas de mortos e feridos em Caphiridzange, na província de Tete. Volvidos 15 dias, tudo indica que a comissão aproveitou para tirar umas férias por aquela região, pois até então nada foi apresentado. Aliás, este Governo já nos habituou a sua incompetência, razão pela qual não se pode esperar grande coisa dessa improdutiva comissão.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!