Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Autoridade Tributária; Filipe Nyusi; Tribunal Administrativo

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Autoridade Tributária

É impressionante (também revoltante) a ineficiência de algumas instituições de Estado. Quando se espera delas uma atitude mais favor dos moçambicanos, eis que elas mostram que não passam de um covil de abutres. A Autoridade Tributária de Moçambique (AT) é um bom exemplo de como não deve funcionar uma instituição. Só hoje a AT descobriu que houve um desfalque nos seus cofres, situação essa que aconteceu em 2013. Se fosse para entrar no bolso do cidadão honesto e trabalhador para retirar o pouco que este ganha para sobreviver, a Autoridade Tributária já teria agido de imediato. Xiconhocas!

Filipe Nyusi

O Presidente da República, Filipe Nyusi, deve andar a pensar que o povo moçambicano é estúpido e embarca em todo tipo de conversa fiada. De uns tempos para cá, o Chefe de Estado decidiu expelir o discurso de combate à corrupção, sem no entanto avançar com algumas medidas concretas. Como se isso não bastasse, agora Nyusi decidiu falar do combate ao despesismo do Estado, uma situação que ele e a sua comitiva tem estado a fazer todos os santos dias. Já é tempo do Presidente da República deixar de fazer discursos vazios e partir para a acção.

Tribunal Administrativo

A atitude do Tribunal Administrativo de Nampula é, sem dúvidas, um record para o Guiness book, pois nunca antes na história do país vimos tanta celeridade daquela instituição para resolver uma situação, como fez com no caso de Manuel Tocova, edil interino de Nampula. Com tantos casos pendentes há décadas, incluindo as dívidas ocultas que também foram actos administrativos ilegais e inconstitucionais, o Tribunal Administrativo decidiu fingir que está a trabalhar agindo num caso que não é assim tão relevante para os moçambicanos. Bando de Xiconhocas!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!