Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: António Isac Mabunda; Mambas; Damião José

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguintes xiconhocas na semana finda:

António Isac Mabunda

António Mabunda é uma daquelas pessoas que merecem pena de morte, devido à monstruosidade das suas atitudes. O indivíduo, de 45 anos de idade, abusou durante cinco anos das suas enteadas, tendo-as engravidado. Os actos repetitivos tiveram a complacência da mãe das adolescente, que, com a cara mais deslavada do mundo, expulsa as raparigas de casa para supostamente viver à vontade com o marido violador. É caso para dizer que a demência passou dos limites.

Mambas

Quando a nossa selecção nacional de futebol, os “Mambas”, entra em campo, não se pode esperar outro resultado que não seja a derrota. Esse facto tornou-se tão comum que já não constitui notícia e, muito menos, motivos de surpresa para os moçambicanos. Com três pontos perdidos em Maputo, diante do Ruanda, os “Mambas” partiram para as Ilhas Maurícias com a obrigação de vencer a sua congénere local para entrar na corrida de apuramento para o Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2017. Mas, como sempre, acabaram por perder.

Damião José

O porta-voz da Frelimo, Damião José, é daquelas figuras a quem não cabe nenhum rótulo, nem mesmo de Xiconhoca-mor. Calado, ele é um grande poeta, porém, esporadicamente, quando decide abrir a sua boca espalha fel por tudo quanto é canto. Recentemente, o porte-parole do partido no poder veio a público chamar o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, de jihadista, numa altura em que se apela à paz, colocando, assim, mais lenha na fogueira. Porque não te calas, Xiconhoca!!?

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!