Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhocas da semana: Amélia Sumbana; Procuradoria-Geral da República; Lóbi dos camiões

Xiconhocas da semana: Lizha James; Atanásio M’Tumuke; Standard Bank

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Amélia Sumbana

Ficou provado em tribunal que a senhora embaixadora Amélia Sumbana é ladra, roubou ao povo que lhe pagava 8 mil dólares por mês e não teve vergonha de assumi-lo em tribunal. Gerindo a embaixada moçambicano nos EUA como se da sua casa se tratasse até levou consigo centenas de objectos quando foi exonerada. Seria motivo de júbilo a condenação a 10 anos de prisão e devolução dos milhões que roubou mas a Justiça, que só é cega para os poderosos, permite que a Xiconhoca recorra e aguarde em liberdade.

Procuradoria-Geral da República

A instituição que deveria ser guardiã da legalidade, transparência para inspirar confiança é um antro de Xiconhocas. Com a desculpa esfarrapada que não podem falar sobre casos em instrução furtam-se aos midias e não prestam contas ao povo do trabalho que deveriam realizar. Tentando mostrar trabalho começaram, faz algum tempo, a usar o diário estatal para mostrar que alguns casos “quentes” estão a avançar. Esperamos serenamente, como sempre nos apelam, para ver quando chegam a juízo e se alguém será condenado!

Lóbi dos camiões

Se dúvidas existiam, ficou mais uma vez evidente o poder dos Xiconhocas donos dos camiões, não fosse o ministro um deles, que conseguiram revogar uma decisão aplaudida e que trazia a esperança de reduzir a mortalidade nas nossos estradas. A ver se os outros senhores que se autoproclamam representantes do povo ainda conseguem travar a continuidade dos camiões com o volante à esquerda em Moçambique.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!