Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Xiconhoca da semana: Abdul Omar; FIR; César Carvalho

Xiconhoca da semana: Mulher que trancou as filhas em casa e ateou fogo; Jorge Khalau prometeu...

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

1. Abdul Omar

Nada justifica o uso indiscriminado da violência. O acto repudiável do treinador do Têxtil de Púnguè, Abdul Xiconhoca Omar, no campo do Vilankulo Futebol Clube foi a maior demonstração do quão o nosso futebol é tão baixo e fértil na produção e proliferação de Xiconhocas.

Omar desferiu dois portentosos ganchos que deixaram inconsciente o juiz da partida e, mais tarde, dizem as más-línguas, veio com a estúpida justificação de que os seus curandeiros assim sugeriram para impedir um trabalho obscuro da equipa de arbitragem. A crença obscura, também, do bom do Omar, acabou por parir o maior Xiconhoca num banco técnico depois da independência.

2. FIR

A Força de Intervenção e Repressão, aliás, Força de Intervenção Rápida é um covil de Xiconhocas. Há ordens que de tão absurdas não podem, de forma alguma, ser executadas pelo mais asinino dos moçambicanos. Marcar presença na Praça da Independência para intimidar os pobres trabalhadores moçambicanos só pode ser um acto de Xiconhocas mesmo. Impedir a marcha de ciclistas pacíficos no município de Quelimane também revela essa mania esquizofrénica e doentia dos Xiconhocas que nos deviam proteger. Porque não foram impedir qualquer marcha de trabalhadores em Muxúnguè ou Satunjira?

3. César Carvalho

Essa de pré-campanha em Tete não lembra o diabo. O bom do César Carvalho, edil daquele urbe, trocou aquela música repetitiva da Frelimo, uma que diz que eles fazem e fizeram, e colocou, no lugar do partido, o município que ele dirige. Os nossos leitores atentos e que não aceitam ser enredados por Xiconhocas denunciaram a falcatrua paga pelo dinheiro de impostos dos munícipes que estão pouco se lixando para a campanha subliminar de César de Carvalho.

A mensagem que nos chegou diz o seguinte: “César de Carvalho, edil de Tete em pré-campanha: ‘nas rádios daqui da cidade de Tete passa sempre uma música que diz que o Conselho Municipal é que faz e é que fez, Tete está a crescer, tem contentores de lixo em todo o lado, ocorre a reabilitação das ruas, boa recolha de lixo em todo lado, etc.”. O povo anda atento.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!