Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Violentos confrontos entre estudantes e polícia na cidade sul-africana do Cabo

Batalhas de rua entre estudantes e a Polícia continuaram na cidade do Cabo esta sexta-feira, sem perspectivas imediatas de fim do impasse, constatou a pana no local. As tensões em várias universidades sul-africanas foram intensificaram-se em Outubro último devido aos protestos violentos de estudantes contra exageros nas propinas entre outras reivindicações.

A situação continuava tensa na Universidade de Tecnologia da Península do Cabo, onde a Polícia usou granadas ensurdecedoras esta sexta-feira de manhã para dispersar os manifestantes que por sua vez atiravam pedras e outros projécteis mas pelo menos quatro pessoas foram detidas.

A Polícia Anti-motim foi desdobrada no Campus da Universidade de Western Cape, quarta e quinta-feiras últimas , depois de os manifestantes terem atacado seus colegas indiferentes, tendo a situação perturbado gravemente o ano académico, e levado consequentemente várias universidades a adiarem provas de fim de ano.

Na sequência das cenas caóticas no Union Buildings em Pretória, a capital do país, há três semanas, o Presidente sul-africano, Jacob Zuma, anunciou que não haverá aumento das propinas universitárias para o ano de 2016.

No entanto, numerosos estudantes exigem agora que os seus honorários sejam completamente abandonados.

O anúncio de Zuma segue-se a uma reunião acalorada com líderes estudantis e responsáveis universitários numa tentativa de resolver o impasse com milhares de manifestantes a invadirem o Parlamento.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!