Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Vilas do Milénio beneficiam cinco mil pessoas

Cerca de cinco mil pessoas residentes na região do Lumbo, no distrito costeiro da Ilha de Moçambique, estão a beneficiar, desde o princípio do ano em curso, de vários projectos em diversas áreas de desenvolvimento, no âmbito do programa Vilas do Milénio.

Dados colhidos pelo nosso jornal referem que o projecto, que terá a duração de cinco anos, já distribuiu algumas quantidades de gado caprino e bovino para fomento, além de ter promovido treinamento em técnicas de produção agrícola e de fabrico de redes de pesca e de material de construção de baixo custo, entre outros.

O projecto enquadra, também, programas ligados à educação e saúde, no contexto da formação das populações, e inclui a implantação de infra-estruras, nomeadamente unidades sanitárias e escolas, centros de formação profissional e de Alfabetização e Educação de Adultos. Principe Lino Uataia, director do Centro Regional Norte de Ciência e Tecnologia em Nampula, revelou ao Wamphula Fax que, ainda este mês, serão concluídas as obras do Centro de Transferência de Tecnologia, que comportará vários serviços sócio-económicos.

De acordo com Uataia, pretende-se, com o projecto, criar condições básicas para o bem estar da população daquela região, considerada uma das mais propensas em calamidades naturais, nomeadamente ciclones, estiagem e erosão de solos. Soubemos, ainda, que, devido ao impacto do projecto, a empresa pública de telefonia móvel Moçambique Celular (mcel) financiou, este ano, a reabilitação de um centro de informática, equipado com dez computadores ligados à internet, a fim de beneficiar a população local, sobretudo jovem, familiarizando-a com o processo das novas tecnologias de informação e comunicação.

Estamos a trabalhar com vista a potenciar o capital humano para o uso das novas tecnologias em todas as vertentes, sobretudo na educação, saúde, agricultura e construção de habitações. Sublinhou Uataia. O programa Vilas do Milénio é financiado pelo governo português, cujo montante não nos foi revelado, conquanto se confirme que grande parte do fundo inerente tenha sido já desembolsado

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!