Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Vencedores do Concurso Literário TDM serão premiados próxima quinta-feira

A empresa Telecomunicações de Moçambique vai premiar, na próxima quinta-feira (20), pelas 16 horas, no átrio do Instituto de Formação das Telecomunicações, os vencedores do Concurso Literário TDM 2012, anunciados no passado dia 30 de Julho.

Trata-se dos autores: Jofredino L. Faife, na categoria de romance, com o título “ Filha de Um Deus Menor” e de Nelson Fernando Manhisse na categoria de conto, com o título “Histórias Indecentes”.

Segundo um comunicado enviado ao @Verdade, eles foram homologados num universo de 141 candidaturas pelo júri constituído por Gilberto Matusse, Lucílio Manjate e Cardoso Chongo, todos conceituados docentes e escritores literários moçambicanos.

O referido júri decidiu não atribuir prémio à categoria de poesia, por não ter encontrado uma proposta que satisfizesse os rigorosos critérios de qualidade e criatividade por si estabelecidos.

Entretanto, no uso das suas competências, o júri decidiu atribuir menções honrosas às propostas literárias de Hilófero da Conceição em “A Almofada Sem Fronha” na categoria de romance; Leonardo Jossai Unguana, com a proposta de Conto intitulada “O Pacto”, e a Rafael Carlos da Câmara, pela sua proposta de originais sem título na modalidade de poesia.

O vencedor da categoria de Romance vai receber de um prémio monetário de 150 mil meticais e o da modalidade de conto, 100 mil meticais, além de um computador portátil, pacote de Internet Banda Larga grátis durante três meses, bem como a publicação das suas obras.

Os livros impressos, num total de mil exemplares, são destinados à oferta aos autores e bibliotecas de escolas e estabelecimentos de ensino um pouco por todo o País. Refira-se que o Concurso Literário TDM é uma iniciativa da empresa Telecomunicações de Moçambique, inscrita no quadro das acções de responsabilidade social.

São principais objectivos da iniciativa estimular a criação literária e divulgar jovens talentos nas vertentes do romance, conto e poesia.

A primeira edição do Concurso decorreu em Junho de 2002, aquando das comemorações dos 20 anos da empresa. No ano seguinte, durante o lançamento da Bienal de Artes, a TDM decidiu instituir o Concurso Literário como um evento regular e permanente. Nestas seis edições, o Concurso Literário lançou na arena nacional e internacional talentos hoje consagrados como Guita Jr., Aldino Muianga, Rogério Manjate, Januário Mutaquia, Hélder Faife, dentre outros.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!