Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Destruição de torre condiciona fornecimento de energia ao centro e norte de Moçambique

A sabotagem de uma torre de transporte de energia eléctrica da linha de transmissão, que liga a Subestação do Songo à de Matambo, linha 1, na província central de Tete, pode comprometer o fornecimento às regiões Centro e Norte de Moçambique.

A queda da torre, segundo um comunicado de imprensa da Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) recebido hoje pela AIM, registou-se na passada sexta-feira no povoado de Cavulacie, a cerca de 32 quilómetros do Songo.

“Tudo indica que está na origem da queda da torre uma vandalização, tendo os infractores retirado as espias que suportam as torres”, refere o comunicado. Neste momento, de acordo com a empresa, o fornecimento de energia ao Centro e Norte do País está assegurado pela linha 2.

“Qualquer problema que se possa registar nessa linha poderá comprometer o fornecimento de energia”. Uma equipa de engenharia da HCB está no terreno a preparar a logística de intervenção, que terá duração estimada de uma semana.

O roubo e a vandalização do material eléctrico, bem como as ligações clandestinas têm levado a empresa Electricidade de Moçambique (EDM), distribuidora de energia eléctrica no país, acumular avultados prejuízos anualmente.

Em 2011, por exemplo, a EDM chegou a acumular um prejuízo de mais de 490 milhões de meticais (cerca de 16,3 milhões de dólares ao câmbio actual), resultantes das ligações clandestinas de energia eléctrica.

No primeiro trimestre de 2012, a EDM registou um prejuízo de cinco milhões de Meticais (cerca de 167 mil dólares), em todo o país, em consequência do roubo e vandalização de material eléctrico.

Até então, as províncias de Manica e Sofala, no centro do país, lideravam a lista de vandalização, seguindo-se o corredor de Nampula-Nacala, no Norte do país.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!