Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Vale importa material para construção da linha férrea

O grupo britânico Obtala Resources vai fornecer nos próximos sete meses um total de 33.200 chulipas (travessas onde assentam os carris) à Vale Moçambique, para a melhoria da infra-estrutura ferroviária na região Norte de Moçambique.

A empresa Montara Continental Corp, controlada 75 por cento pelo grupo Obtala Resources, garantirá o contrato, sendo que o grupo está em negociações com a Vale Moçambique no sentido de aumentar a encomenda.

Em comunicado citado pelo jornal “O Pais”, o grupo informou que esta encomenda não afectará o negócio principal da Montara Continental Corp, que é a exportação de espécies de madeira de qualidade.

O presidente do grupo Obtala Resources informou que o objectivo da empresa Montara Continental Corp é iniciar a entrega das chulipas a partir do final de Maio corrente, gerando um fluxo de caixa que permitirá amortizar as despesas decorrentes do desenvolvimento da actividade principal da empresa.

A Vale vai investir mais de um milhão de dólares americanos na construção da ferrovia que passa pelo vizinho Malawi, numa extensão de 138,5 quilómetros a partir de Chikhwawa (Sul) para fazer ligação com a que já existe em Balak.

O projecto inclui a reabilitação de 98,6 quilómetros da ferrovia para o transporte de 18 milhões de toneladas de carvão até ao porto de Nacala, em Nampula, para fazer face as limitações da linha de Sena, que liga a região de Moatize em Tete ao Porto da Beira.

Actualmente, esta linha tem capacidade para transportar cerca de três milhões de toneladas anuais de carvão cifra que esta aquém das metas de exportações pretendidas pelas empresas que exploram as minas de carvão.

No início do mês corrente, o governo anunciou que linha de Sena poderá atingir uma capacidade de 12 milhões de toneladas até finais do corrente ano, graças as obras em curso para a reabilitação desta infraestrutura.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!