Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Uso de medicamentos sem indicação médica é um perigo para a saúde

A Direcção Provincial da Saúde (DPS) de Nampula diz que está preocupada com o facto alguns jovens e idosos que, por vezes, se queixam de dores musculares e as raparigas na fase do período menstrual recorrerem abusivamente a medicamentos tais como Ibuprofeno, Amodiaquina e Diclofenac para aliviar um conjunto de sensações físicas dolorosas, geralmente intermitentes, o que no futuro pode causar doenças graves tais como gastrite e infecção estomacal.

Atumane Ali, farmacêutico afecto à DPS de Nampula disse, durante uma formação de estudantes da Escola Secundária de Muatala, em matérias de uso seguro, administração e conservação de fármacos, que as pessoas que usam os remédios em causa sem nenhuma consulta nem prescrição de um profissional de saúde colocam em causa o seu estado de bem-estar físico, mental e psicológico.

A formação decorreu na última quarta-feira (24). Atumane Ali alertou que a toma de medicamentos sem indicação médica pode estar na origem de problemas sérios saúde, por isso, há necessidade de os jovens, sobretudo, estarem devidamente informados em relação aos riscos e às consequências da má conservação e consumo excessivo de medicamentos daqueles e outros fármacos.

“O profissional de saúde é a única pessoa que pode indicar que medicamentos devem ser tomados em casos de alguma enfermidade”, advertiu o farmacêutico e aconselhou a mulheres a ingerirem bastantes líquidos durante o período menstrual porque expelem sangue.

Refira-se que a formação foi realizada pela Faculdade de Ciências de Saúde da Universidade Lúrio (UniLúrio), em parceria com a DPS de Nampula, no âmbito da celebração da Semana Internacional dos Farmacêuticos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!