Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

USD 7,1 milhões para fábrica de soja em Goba

Até 2015, uma nova fábrica de processamento de soja, orçada em cerca de 7,1 milhões de dólares norte-americanos, deverá ser edificada na região de Goba, província do Maputo, visando minimizar a grave crise de suplementos alimentares para os doentes do HIV/SIDA, particularmente.

A construção do empreendimento deverá ser antecedida de um programa de plantação de soja, numa área de cerca de 25 hectares, segundo Rui da Costa, representante da Desejos Consulting, firma moçambicana implementadora do empreendimento.

A soja deverá abastecer instituições públicas e privadas ligadas a esforços de prevenção e combate contra o HIV/SIDA e contra a insegurança alimentar, em Moçambique, em geral, de acordo ainda com Costa, realçando que a fábrica vai permitir uma maior disponibilização de suplementos nutricionais às populações vulneráveis devido a desastres naturais e à SIDA.

Dados, entretanto, do Ministério da Agricultura (MINAG) indicam que Moçambique precisa de cerca de 40 mil toneladas de soja por ano, “mas apenas produz o equivalente a 10% para fazer face à insegurança alimentar”.

A fraca produção de soja deve-se à falta de acesso a sementes melhoradas de alto rendimento e de informação sobre as melhores práticas para o seu maneio pelos produtores agrícolas do sector familiar, particularmente, cenário que faz com Moçamue seja um dos maiores importadores do produto na África Austral.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!