Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Universidade Mussa Bin Bique procura resgatar sua imagem

O Centro de Formação Islâmica (CFI), proprietária da conturbada Universidade Mussa Bin Bique, com sede na cidade de Nampula, província com o mesmo nome, Norte de Moçambique, diz que este ano pretende, para além de outras acções académicas, resgatar a boa imagem que a instituição teve no passado, antes de mergulhar nas querelas de direcção que colocaram a causa a sua credibilidade.

Aquela instituição diz que ainda este ano vai oferecer cinco bolsas de estudo para pós-graduação dentro e fora do país aos estudantes mais empenhados.

Dirigindo-se a mais de 500 pessoas que estiveram presentes no anfiteatro da Academia Militar para testemunhar a 5ª cerim­ónia de graduação de 105 estudantes dos cursos de gestão, contabilidade e ciências agrárias, o representante do CFI reconheceu que as clivagens internas que em 2012 fustigaram a Mussa Bin Bique minaram o seu bom funcionamento, credibilidade e concorreram para a redução dos apoios externos e internos.

Na ocasião foi apresentado o novo reitor, Ismael Cassamo. Ele vai ajudar a criar a almejada nova imagem e garantir que a Mussa Bin Bique tenha uma qualidade de ensino mais credível e discentes que saibam responder, com orgulho, aos desafios do desenvolvimento do país.

Aliás, ficou dito no encontro que aquela graduação marcava o fim do protagonismo exacerbado que existia há sensivelmente cinco anos.

Por seu turno, Brasão Mazula, um dos académicos que se fez presente na referida cerimónia, encorajou a direcção e a reitoria a prosseguir com o processo de ensino no país.

Sistema de ensino em Moçambique está doente

Amini Dani, presidente do Conselho Islâmico de Moçambique, mostrou-se preocupado com o actual sistema de ensino nacional alegadamente porque os currículos estão desajustados dos reais problemas que enfermam a pátria. Na sua opinião, o grande problema está na imposição que os países do Ocidente, que apoiam o Orçamento do Estado, exercem sobre as universidades e outras instituições de ensino superior.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!