Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Universidade indiana oferece bolsas de estudo a moçambicanos

Estudantes moçambicanos poderão frequentar cursos de pós graduação oferecidos pela Jindal Global University (JGU), instituição privada de ensino superior sedeada em Hariyana , um dos estados da Índia.

Este compromisso foi formalizado esta quarta-feira com a assinatura de um memorando de entendimento pela directora do Instituto Criança Nosso Futuro (ICNF), Flávia Cuereneia, e pelo reitor da JGU, Raj Kumar, num acto testemunhado pela Primeira-Dama moçambicana, Maria da Luz Guebuza, na sua qualidade de patrona do ICNF.

Além de atribuição de bolsas de estudos, esta cooperação prevê a formação de trabalhadores moçambicanos das zonas rurais e organizações nãogovernamentais pelos membros e estudantes da Faculdade de Direito da JGU que estão agora a implementar um Modelo de Boa Governação Rural e Participação dos Cidadãos” em mais de 100 aldeias de Hariyana.

Em contrapartida, os estudantes da Escola de Relações Internacionais e de outras faculdades da JGU irão trabalhar com organizações de desenvolvimento rural em Moçambique para aprender como é que a sociedade civil africana se lida com os desafios socioeconómicos do continente. Falando a jornalistas moçambicanos que cobrem a visita da Primeira-Dama à Índia, a directora do ICNF disse que, com a assinatura deste acordo, abre-se uma porta de oportunidades para os moçambicanos se beneficiarem dos programas da JGU.

“Para nós, esse memorando de entendimento significa a abertura de oportunidades… eles irão nos oferecer bolsas de estudo e, além disso, esperamos que a JGU, que é um grupo empresarial muito grande, implemente acções de responsabilidade social em Moçambique”, disse ela. Ainda na sua intervenção, a directora do Gabinete da Primeira-Dama disse esperar que este memorando venha a impulsionar a cooperação entre os dois países, permitindo a expansão do avanço tecnológico da Índia para Moçambique.

Por seu turno, o reitor da JGU destacou a importância deste memorando de entendimento na criação de oportunidades de formação de estudantes da sua universidade em Moçambique. Igualmente, Raj Kumar disse que o acordo irá permitir a partilha de experiências sobre os programas rurais, no âmbito do programa de desenvolvimento rural e boa governação.

A assinatura deste memorando de entendimento é um dos programas da visita da esposa do Presidente de Moçambique à Índia, que iniciou na Segunda-feira última. Além de testemunhar a assinatura deste acordo, a Primeira-Dama moçambicana visitou o espaço campus daquela instituição de ensino superior e orientou uma palestra subordinada a tema “Empoderamento da Mulher em Moçambique”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!