Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Unesco elege a candidata búlgara como directora-geral

O conselho executivo da Unesco elegeu nesta terça-feira a candidata da Bulgária, Irina Bokova, como sua futura directora-geral, diante do polêmico candidato egípcio Faruk Hosni, acusado de antissemitismo, informaram fontes da organização.

Durante a quinta votação realizada na sede da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), em Paris, Bokova, embaixadora da Bulgária na França, obteve 31 votos dos 58 membros do conselho. Hosni, apresentado como favorito ao cargo nunca ocupado por um árabe, obteve 27 votos. Este resultado põe fim ao suspende vivido desde quinta-feira passada, quando o conselho realizou sua primeira votação entre nove candidatos.

Bukova, que será também a primeira mulher a dirigir a Unesco, substituirá a partir de Dezembro o japonês Koichiro Matsuura. Irina Bokova, nascida em 1952 em Sofia, será, além disso, a primeira representante de um país do ex-bloco soviético a chegar à direcção da Unesco. Bokova, uma da personalidades mais populares do Partido Socialista da Bulgária (ex-comunista), estudou em Moscou e fez especialização na Universidade de Harvard.

Candidata à vice-presidência de seu país junto com o socialista Ivan Marazov em 1996, Bokova tem ampla experiência diplomática. Até agora também era a representante permanente de seu país ante a Unesco. Depois de eleita, Bokova felicitou seu adversário egípcio pelo qual, disse, “sente muita amizade e respeito, como por todos os candidatos”. “Espero que trabalhemos juntos porque nunca acreditei na ideia do choque de civilizações”, declarou.

O processo de eleição do novo diretor-geral concluirá quando a 35ª Conferência Geral da Unesco, que será realizada de 6 a 23 de outubro, se pronunciar, também por voto secreto, sobre o candidato surgido da votação no conselho executivo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!