Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Umbeluzi continua à seca mas ainda há água sem restrições para Maputo, Matola e Boane

Umbeluzi continua à seca mas ainda há água sem restrições para Maputo

Foto de Nuno TeixeiraA seca continua a afectar o abastecimento de água à Região Sul de Moçambique, nesta quinta-feira(15) será suspenso o uso de água por parte dos agricultores que se abastecem no rio Umbeluzi como forma de garantir que a Estação de Tratamento continue a operar normalmente e a fornecer água potável sem restrições às cidades de Maputo, Matola e Boane.

A chuva que tem caído, no início da presente época chuvosa em Moçambique, tem sido insuficiente para repor o nível os níveis hidrométricos da bacia hidrográfica do Umbeluzi, que baixaram devido a seca que se fez sentir na Região Sul e Centro do nosso País.

A albufeira dos Pequenos Libombos quase não tem registado entrada de água e mantém o nível de enchimento de cerca de 15%.

Face a esta situação, que se faz sentir desde o ano passado, o Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos e a ARA Sul decidiram suspender o uso de água desta bacia hidrográfica por parte dos agricultores a partir desta quinta-feira(15).

Afonso Mahumane, da empresa Águas da Região de Maputo, explicou ao @Verdade que, em parceria com o Fundo de Investimento e Património do Abastecimento de Água(FIPAG), “continuamos a monitorar a situação do nível de água no rio e em função deste fazemos a nossa produção e abastecimento. Até este momento, continuamos a distribuir normalmente”.

Todos os dias são captados e tratados 220 mil metros cúbicos do chamado precioso líquido, na Estação de Tratamento Águas do Umbeluzi, e posteriormente são distribuído a 1,4 milhões de munícipes de Maputo, Matola e Boane.

Apesar da situação estar ainda sob controle as autoridades do sector das Águas apelam aos clientes a “adoptar medidas de poupança da água, pois é pouca”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!