Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Um milhão de meticais para as vítimas de cheias

O Banco Comercial e de Investimentos (BCI) procedeu ontem, 07 de Fevereiro, à entrega de um donativo de um milhão de meticais ao Instituto Nacional de gestão de Calamidades, refere um documento daquela instituição económica. O valor destina-se à apoiar às vitimas das cheias no país.

Trata-se de uma iniciativa cujo acto simbólico da sua materialização decorreu na tarde de ontem, quinta-feira, na sede do BCI, em Maputo, com a participação de Ibraimo Ibraimo, o Presidente da Comissão Executiva (PCE) daquela instituição, e do Director-Geral Adjunto do INGC, Casimiro Abreu.

Na ocasião, Ibraimo Ibraimo referiu que o donativo constitui um primeiro gesto que o BCI decidiu associar à campanha de solidariedade em curso no âmbito da preferência pela utilização em POS dos cartões de débito daki, por parte dos Clientes do Banco, que possibilitou a reunião do montante agora canalizado àquela entidade (INGC) apenas com a utilização registada no mês de Janeiro.

A par da iniciativa da empresa, o Comité Sindical dos Trabalhadores do BCI criou uma iniciativa que consiste “na recolha de donativos entre os Colaboradores do Banco, que será objecto de uma doação posterior”.

Entretanto, por seu turno, Casimiro Abreu, além de expressar o seu agradecimento em relação ao gesto, “comprometeu o INGC a desenvolver todos os esforços necessários para a canalização do montante para as acções de emergência em curso tendentes a aliviar a situação de calamidade que assola várias regiões do país”.

Refira-se, então, que essas doações e as demais que se operam a favor das vítimas decorrem numa altura em que a imprensa reporta que “o drama das cheias que assolam Moçambique, desde o início deste ano, ainda está longe de terminar”, muito em particular porque “a chuva continua a cair intensamente e agora com maior incidência nas zonas Centro e Norte do país”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!