Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

UEM prepara simpósio em homenagem a Mondlane

A Universidade Eduardo Mondlane (UEM), a maior e mais antiga instituição de ensino superior em Moçambique, está a preparar um simpósio internacional sobre Eduardo Mondlane, que foi o primeiro Presidente da Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO).

O evento, previsto para Junho próximo, enquadra-se no âmbito da celebração do “Ano Eduardo Mondlane”, que se comemora este ano, segundo decisão do Governo. De acordo com o porta-voz da UEM, Joel Tembe, com a realização do simpósio pretende-se resgatar o legado de Mondlane, bem como divulgar mais informação sobre a sua vida e obra, como político e académico.

“Há pouco conhecimento sobre Eduardo Mondlane. Há pouco conhecimento dos seus feitos como líder da FRELIMO e como académico. Ele é uma figura internacional. É o arquitecto da unidade, foi um dos mentores do Pan-africanismos, dedicado ao estudo das sociedades africanas e crítico ao regime colonial”, contou Tembe.

O simpósio, a decorrer na capital moçambicana de 18 a 19 de Junho próximo, vai reunir políticos, académicos, estudantes, entre outros convidados, incluindo pessoas que conheceram Mondlane e com ele conviveram. “Durante o simpósio haverá um momento em que algumas pessoas vão dar o seu depoimento na base de memórias que têm sobre a sua vivência com Eduardo Mondlane de modo que esta figura seja conhecida e apreendida por todos”, sublinhou.

Segundo o porta-voz da UEM, o simpósio será composto por vários momentos, entre os quais um seminário onde serão debatidos aspectos relacionados com a cultura e identidade, nacionalismo moçambicano, desde a sua génese, maturação, inicio da Luta Armada de Libertação, até a constituição da nação depois da independência.

Por outro lado, haverá uma exposição fotográfica sobre Eduardo Mondlane, em que será apresentado o seu perfil profissional, académico e político. Tembe que falava hoje, em Maputo, numa conferência de imprensa, explicou que o simpósio é uma das actividades que estão a ser desenvolvidas ao nível da Reitoria da UEM. Porém, outras acções estão a ser desenvolvidas pelas unidades orgânicas daquela instituição.

Ainda no âmbito da celebração do “Ano Eduardo Mondlane” está em construção um telecentro que terá um espaço dedicado à exposição permanente sobre Eduardo Mondlane.

Ainda para o mês de Junho estão previstas outras actividades como desportivas (envolvendo estudantes), plantio de árvores, entre outras. Eduardo Chivambo Mondlane, primeiro presidente da FRELIMO, Arquitecto da Unidade Nacional, morreu a 3 de Fevereiro de 1969 em Dar-es-Salaam, capital da Tanzânia. Em sua homenagem, a data da sua morte foi consagrada a todos os heróis moçambicanos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!