Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tufão mata 12 pessoas, destrói campos de arroz nas Filipinas e segue para Hong Kong

O tufão Haima, a tempestade mais forte a atingir as Filipinas em três anos, matou ao menos 12 pessoas e inundou vastas extensões de campos de arroz e milho, antes de tomar o rumo de Hong Kong, disseram autoridades de Manila nesta sexta-feira.

Autoridades filipinas disseram estar a avaliar a extensão dos danos à infraestrutura e à lavoura, mas confirmaram que milhares de hectares de terras de plantio foram destruídos em províncias do norte.

Oito das vítimas eram da região de Cordillera, disse Ricardo Jalad, chefe do Conselho Nacional de Redução e Administração de Riscos de Desastre, citando relatos que a agência recebeu de autoridades provinciais.

Só em Cagayan, onde o super tufão se abateu no final de quarta-feira com ventos arrasadores de 225 quilômetros por hora e chuva pesada, entre 50 e 60 mil hectares de campos de arroz foram devastados e alagados, disse o governador provincial Manuel Mamba.

“Foi como se tivéssemos sido atingidos por outro Yolanda”, afirmou ele em uma estação de rádio, referindo-se ao super tufão de 2013 conhecido internacionalmente como Haiyan, que matou ao menos 6 mil pessoas e destruiu propriedades no valor de biliões de pesos filipinos. Hong Kong só manteve em funcionamento os serviços essenciais do polo financeiro global às vésperas da chegada da tempestade.

“De acordo com a sequência atual de previsões, o Haima atingirá sua maior proximidade de Hong Kong perto do meio-dia, passando cerca de 100 quilómetros ao largo do leste do território”, disse o observatório no seu site.

“Isso significa que se esperam ventos com velocidades médias de 63 quilómetros por hora ou mais vindos do quadrante noroeste”. Voos e serviços de trem foram cancelados dentro e nos arredores da cidade.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!