Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tuberculose ameaça população prisional

A tuberculose constitui a principal causa de internamento e de mortes de reclusos nas unidades prisionais da província de Nampula, segundo apurou o Wamphula Fax de fontes oficiais.

De acordo com Ana Berta, técnica de medicina geral, afecta à Peninteciária Industrial de Nampula (PIN), aquele estabelecimento prisional assiste, neste momento, um total de quinze doentes de tuberculose, sete dos quais notificados no ano passado. Berta disse que alguns destes casos estão, também, associados ao HIV/ SIDA. E, presentemente, a Penitenciária Industrial conta com vinte e quatro reclusos seropositivos, doze dos quais beneficiam de tratamento.

A direcção da PIN confirma a morte de nove reclusos, vitimas de tuberculose e doenças associadas ao HIV/SIDA, e aponta como principal factor a falta de triagem dos reclusos antes da sua transferência para aquela unidade. A titulo de exemplo, a vizinha província da Zambézia, enviou recentemente para Nampula mais de 30 reclusos, maioritariamente padecendo daquela doença.

Criada ao abrigo do Decreto-lei nº 447/73 de 7 de Setembro, a Penitenciara Industrial de Nampula alberga, actualmente, 980 reclusos, todos do sexo masculino, condenados ao cumprimento de penas maiores, oriundos, basicamente, das províncias nortenhas de Nampula, Niassa, Cabo- Delgado, incluindo a Zambézia.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!