Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tropas sírias atingem vila sunita e matam 7, dizem ativistas

Tropas sírias, acompanhadas por veículos blindados, mataram a tiros sete civis neste domingo, ao invadir uma aldeia rebelde muçulmana sunita a oeste da cidade de Hama, queimando casas e prendendo dezenas de pessoas, disse uma organização de ativistas.

Quatro mulheres estavam entre os mortos na vila de Tamanaa in al-Ghab, que fica em uma planície no epicentro rural da revolta de 14 meses contra o governo do presidente Bashar al-Assad, disse a Rede Síria para Direitos Humanos, um grupo de ativistas da oposição que monitora a repressão.

“A vila foi sujeita à uma punição coletiva. Quase metade das casas foram queimadas. Diversas pessoas foram executadas quando foram presas. O resto foi morto com o ataque”, de acordo com declaração da organização.

Ativistas da oposição disseram que a vila sunita, uma das dezenas que têm sido incendiadas desde que as forças de Assad tomaram o controle das cidades de Homs e Hama, havia sido um ponto de manifestações regulares contra Assad.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!