Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tribunal egípcio adia por uma semana a audiência de apelação sobre eleições

Um tribunal egípcio adiou, este Domingo (17), uma audiência de apelação contra uma decisão tomada este mês que eliminou as eleições parlamentares e aprofundou a incerteza política durante uma crise económica.

A Corte Administrativa disse que adiou a audiência de apelação até dia 24 de Março para permitir que haja mais tempo para estudar os argumentos legais de um caso que lançou a etapa final da transição do Egito para a democracia pelos ares.

Com o país em turbulência desde a queda de Hosni Mubarak, em 2011, o Egito está sem câmara de deputados desde meados do ano passado, quando um tribunal forçou a sua dissolução ao derrubar a lei que foi usada para elegê-lo.

Mês passado, o presidente Mohamed Mursi convocou eleições que ocorrerão de 22 de Abril até final de Junho a partir de uma lei eleitoral revista.

A maioria dos principais partidos de oposição anunciou que iria boicotar as eleições quando a Corte Administrativa cancelou o decreto de Mursi por motivos técnicos.

Mursi prometeu respeitar a decisão do tribunal, mas as autoridades de acções judiciais do país entraram com um recurso que agora será ouvido na próxima semana.

Essa incerteza sobre o futuro político do Egito, junto com frequentes episódios de violência de rua, abalaram a confiança na economia, levando a uma acentuada queda da libra egípcia e uma utilização dos fundos de reserva em moeda estrangeira.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!