Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tribunal condena mulher por roubou de bebé num hospital no norte de Moçambique

O Tribunal Judicial da Cidade de Pemba, na província de Cabo Delgado, condenou, na quarta-feira (13), uma cidadã que responde pelo nome de Ana Anastácio a seis anos de prisão efectiva por roubo de uma recém-nascida no Hospital Provincial local, em 2014, com o intuito de fazê-la de sua filha.

Para satisfazer o desejo do marido de ter filhos, Ana Anastácio dirigiu-se, numa manhã de 23 de Julho daquele ano, ao Hospital Provincial de Pemba, onde irrompeu pela enfermaria onde a mãe da criança, de nome Lídia Samuel, recuperava-se dos efeitos de uma cesariana.

Fazendo-se passar de boa gente, Ana ofereceu-se a ajudar, despistou a filha da parturiente e aproveitou o momento em que esta se dirigiu à casa de banho para sumir com a bebé, que na altura só tinha dois dias de vida.

A situação deixou a progenitora da menina quase enlouquecida, mas no dia seguinte voltou a sorrir quando a filha foi localizada no bairro de Cariacó.

Na leitura da sentença, que aconteceu no recinto da unidade sanitária onde o crime se deu, Bruno de Castro, juiz da 2ª sessão e presidente do Tribunal Judicial da Cidade de Pemba, disse a cidadã ora condenada agiu manifestante com má-fé de prejudicar a progenitora de Leontina Agostinho, hoje com quase dois anos de idade.

O juiz classificou o crime de horrível, de desumano e capaz de desequilibrar qualquer estrutura familiar, pelo que aconselhou a mulher condenada a não cometer mais um delito similar.

Para além da prisão, Ana deverá pagar 50 mil meticais de compensação à mãe de criança e 800 meticais de imposto de justiça. Ela só poderá gozar de liberdade condicional após cumprir um ano e 10 meses de cadeia e, também, se tiver um bom comportamento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!