Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Três pessoas morrem vítimas de acidentes de viação em Nampula

Dezasseis pessoas mortas em acidentes de viação no Natal em Moçambique

Foto de Cidadão RepórterPelo menos três cidadãos, dos quais uma criança, perderam a vida e outros oito contraíram ferimentos graves e ligeiros, nesta semana, em consequência de dois sinistros rodoviários ocorridos nas estradas da cidade de Nampula.

O excesso de velocidade, as deficiências mecânicas e a inobservância das regras elementares de condução são consideradas as principais razões por pessoas que testemunharam a desgraça que semeou luto em duas famílias. A primeira tragédia deu-se na tarde de quarta-feira (16), na Estrada Nacional número um (EN1), Avenida do Trabalho, nas imediações do cemitério novo, na cidade de Nampula.

O acidente do tipo despiste e atropelamento pós termo a vida de um jovem não identificado. Mas o @Verdade soube que se chamava Zerinho e aparentava ter 25 anos de idade. O sinistro envolveu uma viatura de 15 lugares, cuja chapa de inscrição não apuáramos, e que fazia chapa naquela urbe.

O carro a que nos referimos transportava passageiros do centro urbano com destino à Muatatala. Segundo Santos Cardoso, cidadão que presenciou a desgraça, o automobilista conduzia a alta velocidade quando, de repente viu com um camião de grande tonelagem à sua frente.

Tentativas de evitar embate contra o veículo em questão, que se fazia no sentido contrário a do minibus, culminaram com o despiste e atropelamento da vítima que viria a morrer no local.

O segundo caso, que ceifou a vida de uma cidadã identificada por Ermelina Castro, de 28 anos de idade e sua filha, registou-se na manhã da quinta-feira (17), na zona de “22 de Agosto”, sito no Muahivire-Expansão. O incidente envolveu um camioneta que transportava passageiros da cidade de Nampula para a vila sede distrital de Mogovolas.

A camioneta capotou momentos depois de uma das rodas de frente ter estoirado, numa altura em que a viatura circulava a alta velocidade, o que não permitiu ao motorista dominar o volante. A criança, segundo Márcia Damião, uma das sobreviventes, morreu no local e a sua mãe pereceu a caminho do hospital.

Entre os feridos, os graves foram evacuados para Hospital Central de Nampula (HCN) e os que contraíram ferimentos ligeiros foram encaminhados para o Centro de Saúde de 22 de Agosto.

De referir que a Polícia da República de Moçambique a nível da província de Nampula disse estar a desencadear actividades diversas, com destaque para a educação cívica que visa sensibilizar as pessoas para se fazerem às vias com cuidado. Para além disso são aplicadas multas aos infractores do Código da Estrada, mas a sinistralidade rodoviária persiste.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!