Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Três militares malianos mortos em explosão de engenho explosivo em Mopti, norte maliano

Três militares malianos morreram e dois outros ficaram gravemente feridos na explosão dum engenho explosivo improvisado, na zona de Mondoro, na região de Douentza, na província de Mopti, no norte do país.

As vítimas estavam a bordo dum veículo do Exército maliano que accionou o explosivo, os feridos foram internados com urgência num hospital regional de Mopti, de acordo com uma fonte do Ministério maliano da Defesa e Antigos Combatentes citada pela agência PANA.

Numa declaração à imprensa, o ministro da Defesa e Antigos Combatentes, Tiéman Hubert Coulibaly, qualificou este ataque “de acto cobarde e criminoso” e encorajou as Forças Armadas Malianas (FAMA) na sua luta contra o terrorismo e o narcotráfico. Mesmo se este ataque ainda não foi reivindicado, pressupõe-se que seja da autoria da Frente de Libertação de Macina (FLM), dum predicador radical, Amadou Koufa, muito activo neste setor onde o Exército maliano lançou, há alguns meses, uma operação de patrulha batizada “Séno”, com vista a derrotar grupos terroristas que imperam Mopti, Doentza, Bankass, Bandiagara, Koro e Djenné.

A morte destes três soldados acontece apenas cinco dias após o duplo ataque de Tombouctou, no norte, no qual morreu um alto responsável do Exército, o comandante Karim Niang.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!