Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Três funcionários deixam Serviço Secreto dos EUA depois do incidente na Colômbia

Três dos 11 funcionários do Serviço Secreto dos EUA investigados por envolvimento com prostitutas durante uma viagem à Colômbia estão a deixar os seus cargos, disse a agência, Quarta-feira.

“Embora a investigação (…) esteja nos seus estágios iniciais (…), três dos indivíduos envolvidos irão separar-se ou estão no processo de separarem-se da agência”, disse em nota Paul Morrissey, director-assistente do Serviço Secreto.

Um supervisor foi autorizado a retirar-se, outro foi convidado a afastar-se, e um terceiro pediu demissão. Os oito demais envolvidos continuam suspensos do trabalho.

As autoridades dos EUA estão a investigar as suspeitas de que os agentes do serviço secreto e militares do país levaram cerca de 21 prostitutas para o seu hotel antes da chegada do presidente Barack Obama a Cartagena para participar da Cúpula das Américas, no fim-de-semana.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!