Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Transnet quadruplica uso do terminal da Matola

A empresa pública das linhas férreas da África do Sul, Transnet, aumentou a utilização do Terminal da Matola, Sul de Moçambique, exportando mais de um milhão de toneladas de carvão no ano fiscal que terminou em Junho.

Segundo a edição desta segunda-feira do jornal sul-africano Argus, a Transnet quadruplicou a quantidade de carvão da companhia mineira Coal of Africa, que transportou no último ano fiscal através do Terminal de Carvão da Matola, localizado na província do Maputo.

A Coal of Africa tem direito a exportar pelo referido terminal três milhões de toneladas de carvão por ano, depois de a empresa concessionária daquela infra-estrutura ter aumentado a sua capacidade de escoamento para seis milhões de toneladas anuais.

A companhia mineira produziu 3,32 milhões de toneladas de carvão no último ano fiscal, contra 1,31 milhão de toneladas no anterior ano fiscal.

De acordo com o Argus, a Transnet aumentou mais 100 vagões no transporte de carvão pelo corredor do Maputo, passando a operar com 850 vagões, e reduziu de oito para quatro o número de dias que despendia na operação.

“A Coal of Africa está presentemente empenhada na resolução de questões relacionadas com as actuais tarifas de utilização da linha férrea e a discutir potenciais oportunidades de aumento das suas operações no terminal da Matola”, refere a empresa mineira.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!