Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Trabalhadores sequestrados no Peru são libertados

Trabalhadores de empresas do setor de gás sequestrados por rebeldes do Sendero Luminoso no sudeste do Peru foram libertados neste sábado, após permanecerem desde segunda-feira nas mãos de insurgentes, disse o governo.

Cerca de 36 operários da empresa sueca Skanska e da peruana Ramsa foram tomados como reféns na madrugada de segunda-feira em uma região remota na zona conhecida como VRAE (Vale dos Rios Apurímac e Ene), onde operam remanescentes do Sendero Luminoso, em parceria com o narcotráfico.

O Ministério da Defesa informou que os trabalhadores foram soltos depois de um cerco de cerca de 1.500 agentes das forças de segurança, em meio a um plano de resgate.

“Como resultado da enérgica pressão exercida pelas operações táticas e ações de inteligência das Forças Armadas e da Polícia Nacional, os delinquentes narcoterroristas se viram cercados e obrigados a tentar uma manobra de fuga, libertando seus reféns”, afirmou o ministério em comunicado.

O ministério não detalhou se os 36 operários tinham sido soltos, mas uma autoridade regional afirmou que todos estavam livres. “Como autoridades, recepcionamos os senhores sãos e salvos”, afirmou Susano Guillén, tenente do distrito de Vilcabamba, localizado perto do local do sequestro, à rádio local RPP.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!