Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Trabalhadores estrangeiros ilegais descobertos no centro de Moçambique

Seis cidadãos de nacionalidades vietnamita, guineense e bengali foram suspensos das empresas de construção civil e telefonia móvel, a que estavam afectos, na província da Zambézia, por contratação ilegal.

Os quatro vietnamitas trabalhavam na Movitel, o cidadão bengali na empresa Nasir Uddin A. Hoque, enquanto o guineense estava vinculado à empresa Sow Comercial.

Segundo a Inspecção-Geral do Trabalho (IGT), os visados tinham sido contratados sem a observância das regras de emprego da mão-de-obra estrangeira no país, estabelecidas pela Lei nº. 23/2007, de 01 de Agosto (Lei do Trabalho) e pelo Decreto nº. 55/2008, de 30 de Dezembro.

Os visados foram afastados das suas funções durante uma campanha inspectiva a 22 firmas e unidades de produção, que abrangeu 170 trabalhadores, e foram constadas 70 infracções, refere um comunicado enviado ao @Verdade.

A suspensão em causa acontece dias depois de outros quatro cidadãos de nacionalidade chinesa terem sido descobertos, também em situação ilegal, na Zambézia. Eles trabalhavam nas empresas Novidade Comercial, Lda, Ana Lina Comercial e Flying Lda.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!