Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Taça da Inglaterra: Torres salva Chelsea no empate

Fernando Torres salvou o Chelsea de uma chocante eliminação na quarta rodada da Taça da Inglaterra, da qual é o actual campeão, com um golo tardio no empate em 2 x 2 com o Brentford, este Domingo (27).

O Tottenham Hotspur, oito vezes vencedor do torneio, perdeu de 2 x 1 do Leeds, e o Oldham bateu o Liverpool por 3 x 2.

O Spurs tornou-se a vítima de mais alto coturno entre os 32 classificados, juntando-se a Norwich City, Queens Park Rangers e Aston Villa, que também perderam para oponentes de divisões inferiores.

Os golos de Luke Varney e Ross McCormack colocaram o Leeds, da segunda divisão e vencedores da Taça em 1972, no controle da partida, e o golo de cabeça de Clint Dempse não bastou para salvar os londrinos.

Depois de tornar-se o primeiro detentor da Liga dos Campeões a sair ainda na fase de grupos, e 11 pontos distante da liderança do Campeonato Inglês, o caminho do Chelsea até a prata nesta temporada passa pela Liga da Europa ou pela Taça da Inglaterra, um troféu que a equipa ergueu em quatro das seis últimas campanhas.

O Chelsea perdia de 2 x 1 depois que Harry Forrester conferiu da marca do penalti, a 17 minutos do apito, quando Torres, uma pálida sombra do atacante comprado pelo valor recorde de 50 milhões de libras em 2011, marcou e manteve a equipa na competição.

O Brentford, que luta para ser promovido para a primeira divisão e é treinado por Uwe Rosler, ex-atacante do Manchester City, atormentou os seus ilustres rivais e negou-lhes espaço durante a maior parte de um duelo electrizante.

O Chelsea melhorou imensamente na segunda parte e empatou aos dez minutos, quando um passe caiu nos pés do brasileiro Oscar, que mesmo de costas para o golo conseguiu encontrar uma abertura para chegar no golo.

A equipa da elite inglesa estava no auge a esta altura, mas o Brentford não desmoronou e parecia a caminho de uma das maiores surpresas da competição quando Turnbull derrubou Tom Adeyemi na área do penalti.

Forrester chutou com frieza e colocou o Brentford na dianteira, mas Torres, irregular e perdido durante boa parte da temporada, teve a palavra final e forçou um reencontro com o adversário no seu campo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!