Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tóquio supera Moscovo como cidade mais cara do mundo

Tóquio derrubou Moscovo da posição de cidade mais cara do mundo para os expatriados em 2009, principalmente pela volatilidade das taxas de câmbio durante a crise econômica mundial, segundo um estudo anual publicado esta terça-feira pela empresa de consultoria americana Mercer.

O estudo, baseado nos preços de quase 200 bens e serviços (hospedagem, alimentação, transporte, vestuário, lazer, etc) em 143 cidades do mundo, duas metrópoles japonesas, Tóquio e Osaka, aparecem como as cidades mais caras do mundo. Moscovo caiu do primeiro para o terceiro lugar. “Como consequência direta da desaceleração econômica desde o ano passado, observamos flutuações significativas na maioria das moedas do mundo, o que teve um profundo impacto na classificação deste ano”, explica Nathalie Constantin-Métral, funcionária da Mercer.

“Muitas moedas, como o euro e a libra esterlina, desvalorizaram consideravelmente em relação ao dólar, o que resultou em queda na classificação de certas cidades europeias”, completou. O estudo anual da Mercer toma como referência o custo de vida em Nova York, que recebe o índice 100. O das demais cidades é calcula sobre esta base.

Tóquio atingiu assim o índice 143,7. Londres, que ano passado era a terceira cidade mais cara do mundo para os expatriados, sofreu uma forte queda e a aparece na posição 16. Oslo, quarta em 2008, caiu para 14ª colocação. Já Nova York subiu da posição 22 para a 8 e Pequim da 20ª para a nona. Genebra também subiu quatro postos e se tornou a quarta cidade mais cara do planeta, à frente de Hong Kong, Zurique e Copenhague. Paris caiu da 12ª para a 13ª posição. A queda mais expressiva foi a de Varsóvia, que passa do número 35 ao 113.

Johanesburgo caiu para a última posição, uma consequência da desvalorização do rand em relação ao dólar.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!