Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Toma que te dou: Será este o princípio do princípio das dores?

Está escrito no Apocalipse, este é o princípio do princípio das dores. E Deus disse mais: “Estou arrependido de ter feito o Homem”. E voltou a bramir: “Quem sois vós que vos ergueis contra o meu Reino? Acaso sabeis de onde vem o vento? Só ouvis o seu ruído e não sabeis de onde Eu ordeno o seu desencadeamento. Seus pobres de espírito!”.

Jeová continua a falar e ninguém O quer ouvir. Chamano-nos para voltarmos aos ventres das nossas mães e nascermos de novo, e a resposta que se ouve é: “Quem é Deus?”. O Senhor já colocou diante de nós várias redes de emalhar para tentar parar as ambições do Diabo que nos habitam, e a resposta que sai das nossas bocas putrefactas é cuspida pela língua imunda do próprio Lucifer. E mesmo assim Ele ainda nos espera.

Deus de Jacob e de David e de Abrahama já tinha feito isso com Saul, antes de o transformar em Apóstolo Paulo. Este esperava os filhos de Israel à porta dos templos e lançava sobre eles as pedras com espigas. Pejorava os filhos do Criador do Céu e da Terra. Blasfemava directamente contra o próprio Deus; mesmo assim, Jeová continuava a amá-lo. Mas, cansado de falar mansamente, o Senhor lançou um raio muito forte sobre a vista de Saul e este tombou como um lagarto e perguntava: “quem és tu que ousas barrar o meu caminho?”. E Deus respondeu: “quem és tu que ousas erguer-te contra Mim? Eu sou o Deus de Jacob e de Davi e de Abrahama. Agora levanta-te; a partir de hoje nunca mais te chamarás Saul, mas Paulo, e serás meu Apóstolo!”.

Paulo obedeceu a Deus, mas hoje, ninguém quer segui-lo. De tudo isto ninguém quer saber, continuamos a descer por esse desfiladeiro do Egipto. Persistimos nas sinagogas. Muitos de nós agem sem inteligência, muito menos sabedoria. Tratar o outro como inimigo será contra os preceitos de Deus. “Amai o próximo como vos amais a vós próprios”. As nossas cadeias continuam a colher diariamente cachos de gente que vai descobrir que ali jaz a própria Sodoma, enquanto cá fora há os que arrotam sabores do suor do povo.

Só vai ouvir tudo isso aquele que tiver um ouvido, os que têm dois não têm iluminação suficiente para perceber as parábolas. Hoje movimentamse as armas por todo o lado, para frente e para trás. Só se pensa em como aniquilar o outro, julgando-se que isso vai garantir a continuação do fausto. Mas essa é a pura ignorância. Essa é a incapacidade de perceber os sinais do tempo. Essa é a indicação do medo instalado naqueles que hoje nos amachucam. E nunca serão as armas a solução de toda esta lama lançada na nossa terra.

A terra treme em todos os seus pontos. A chuva está a cair aos poucos e poucos. A terra já não pode chupar mais a água, nem o sangue. A água e o sangue serão cuspidos pela terra e nessa altura esses homens já não terão montanha para subir. As armas que hoje os protegem já não terão balas. É uma mentira os blindados. É mentira! O tigre das massas populares já começou. E Tony Django já disse isso, desatem os cabritos, queremos dormir. O leão está a rugir nas matas!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!