Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Tocoli exorta população à conquista da independência económica

O governador da província de Nampula, Felismino Tocoli, lançou um grande desafio às populações locais para aproveitarem as enormes potencialidades que a região oferece, nomeadamente a terra, água, recursos minerais e florestais que transformados podem gerar meios financeiros que possam dar resposta a diversos problemas que ainda enfrentam, tais como o acesso a água potável para o consumo que actualmente se situa na ordem dos 45 por cento, a expansão da rede escolar e a respectiva qualidade de ensino.

Felismino Tocoli, que fez este pronunciamento momentos após depor uma coroa de flores ao monumento dos Heróis Moçambicanos por ocasião da celebração dos 36 anos da independência nacional assinalado no passado dia 25 de Junho, anotou, entretanto, que, durante este período houve o registo do crescimento da rede sanitária e escolar, sendo, contudo, necessário melhorar a prestação de serviços de atendimento às comunidades que estão aquém do desejável.

A população tem que se sentir satisfeita com a prestação de cada um dos servidores públicos, o que passa pelo aumento da produção e da nossa produtividade, da melhoria da qualidade e da forma como prestamos serviços ao público, maximizando os poucos recursos de que dispomos de forma a responder às necessidades das nossas comunidades, disse o governador de Nampula.

Para o efeito, Felismino Tocoli disse que a província tem todas as condições criadas para um desenvolvimento sustentável e acelerado, guiando-se por alguns instrumentos orientadores como o plano quinquenal do governo, acrescido ao plano estratégico da província que visa usar as potencialidades que Nampula detém de forma a responder à agenda nacional de combate à pobreza.

Em termos de capital humano, a nossa província tem bases criadas com a abertura de instituições do ensino superior que totalizam actualmente sete e que anualmente graduam mil a dois mil estudantes, que nos lançam um desafio inequívoco para o seu enqudramento em sectores inerentes às suas capacidades para acelerarmos o ritmo de crescimento e desenvolvimento, indicou Felismino Tocoli para quem o momento de paz que actualmente se vive permite, de igual modo, a injecção de mais investimento nacional e estrangeiro.

Na deposição da coroa de flores, dirigida pelo governador de Nampula, por ocasião do trigésimo sexto aniversário da independência nacional, há a destacar, também,a presença de um grupo de membros e simpatizantes do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) encabeçado pelo seu secretário-geral, Luís Boavida, e de Maria Moreno, que se encontram nesta província para acções de revitalização dos órgãos do partido liderado por Daviz Simango.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!